. . .

Welcome to Magazine Prime

Detran-RS pede a quem pagou licenciamento de carro na última semana para conferir dados

Para administrar o trânsito em todo o extenso território brasileiro, o Governo Federal resolveu criar órgãos estaduais responsáveis pelas jurisdições que cobrem toda área de seu respectivo Estado de atuação. O DETRAN, como são chamados os Departamentos Estaduais de Trânsito do Brasil, são os principais responsáveis por cuidar do tráfego brasileiro, sendo que cada Departamento de cada Estado é responsável pela criação e forma de atuação de suas leis, podendo assim os órgãos se diferenciarem em sua estrutura e abrangência.

Lembre-se antes de adquirir um veículo das suas obrigações, como o pagamento de impostos: IPVA, Licenciamento e DPVAT 2019. Saiba que se você não manter em dia, seu veículo corre o risco de ser até mesmo apreendido e você não poderá circular pelas rodovias.

Vale a pena citar que, tal subdivisão é um poder dado pela nossa Constituição Federal promulgada no ano de 1988, onde a administração indireta é permitida em forma de lei, só que a mesma será sempre sucumbente, de alguma forma, do órgão que a criou.

No Rio Grande do Sul, Estado pertencente à região Norte do Brasil, o DETRAN-RS como é conhecido o Departamento Estadual de Trânsito do Rio Grande do Sul, foi criado no dia 13 de dezembro de 1995, vinculado à Secretaria de Segurança Pública do Estado, possuindo principalmente autonomia administrativa e financeira. Atua em todo o território do Estado com a principal finalidade de planejar, a coordenar, a fiscalizar e o controlar a política de trânsito objetivando um tráfego calmo, tranquilo e seguro, para que pedestres e motoristas e motociclistas coabitem de forma segura, levando essa educação para as pistas e evitando acidentes que ocorrem devido à falta de responsabilidade.

Para atender a população de forma rápida e fácil, o Detran Rio Grande do Sul conta além dos postos de atendimento e das Circunscrições Regionais de Trânsito, com vários postos credenciados que vão de despachantes a clínicas e agentes financeiros. Para visitar a sede do departamento, basta se dirigir ao endereço, que mantém funcionamento de atendimento ao público de segunda a sexta-feira das 08h00min às 13h00min e 14h00min às 17h00min horas.

Para acessar, basta entrar no endereço eletrônico www.detran.rs.gov.br, e navegar livremente. Não se paga nada pelas consultas e para maiores dúvidas, pode mandar um e-mail.

Declaração à Receita Federal obrigatória para pessoa física e jurídica

O Imposto de Renda 2019 é um assunto que já preocupa várias pessoas. Sobre o Imposto de renda 2019, procure efetuará a sua declaração dentro do prazo estabelecido para evitar problemas futuros. A partir do momento em que você se encaixa dentro da obrigatoriedade da declaração, é indispensável fazê-la.

Essa declaração é obrigatória tanto para pessoas físicas como também para pessoas jurídicas que se encaixam dentro dos requisitos para tal. É necessário entender quem é obrigado a fazer essa declaração e qual é a diferença entre elas.

A Receita Federal do Brasil é o órgão responsável por receber essas declarações. A partir do momento em que o contribuinte faz ela de forma incorreta, ele pode cair na malha fina. Veja também outros posts para te ajudar no Imposto de Renda 2019.

Não se esqueça de utilizar os recursos online disponíveis no site da Receita para auxiliar na sua declaração. São recursos gratuitos e disponíveis para acesso em qualquer horário do dia. Mais adiante iremos conferir um pouco mais sobre eles.

Quem deve declarar o IRPF 2019?

Estão obrigados a fazer a declaração do IRPF 2019 aquele cidadão que:

Veja quem é obrigada a fazer a Declaração do imposto de renda em 2019

  • Recebeu rendimentos acima de R$25.661,70;
  • Recebeu rendimentos isentos, não tributáveis ou tributáveis exclusivamente na fonte, cujo valor está acima de R$40.000;
  • Recebeu receita bruta da atividade rural com valor acima de R$128.308,50;
  • Teve posse de bens e direitos com valor acima de R$300.000, inclusive terra nua;
  • Recebeu, em qualquer mês, um ganho de capital na alienação de bens ou direitos, sujeitos a incidência do imposto, ou até mesmo aquele que realizou operações em bolsa de valores, de mercadorias, de futuros e assemelhadas;
  • Optou pela isenção de imposto de renda sobre a renda sobre o ganho de capital com a venda de imóvel residencial, cujo produto da venda foi aplicado na aquisição de imóveis residenciais localizado s no país, no prazo de 180 dias contados da celebração do contrato de venda;
  • Residente no país desde 2013.

Caso você se encaixe em algum desses tipos, saiba que é obrigado a fazer a declaração do imposto de renda pessoa física 2019.

Como Declarar o IRPF 2019?

Com intuito de facilitar a vida do contribuinte, a Receita Federal do Brasil criou serviços on-line gratuitos que podem ser utilizados a qualquer momento.

No site a seguir você pode ter acesso a uma ferramenta de simulação de alíquota efetiva para cálculo mensal ou anual 2019:

  • Site da Receita Federal do Brasil: www.receita.fazenda.gov.br

Para usar a ferramenta é muito simples, basta fazer o preenchimento dos dados pedidos para que o sistema faça a simulação para você. Seja para cálculo mensal ou anual, em ambos os casos é necessário preencher todas as informações pedidas.

A simulação é gratuita e disponível no site para ser acessada em qualquer horário.

Fortaleza oferece cursos gratuitos pelo Pronatec

Aproveite estas ofertas de cursos gratuitos em Fortaleza 2019 que o governo do Ceará por meio da Secult que chamou para a parceria o Senai Fortaleza para ministrar os cursos administrados pela Secretaria de Cultura do Ceará para ajudar na profissionalização da população que faz parte do Pronatec CE.

Em parceria com o Pronatec, o Governo Federal criou o MedioTec, que oferece cursos técnicos e profissionalizantes aos estudantes do ensino médio. Os benefícios do MedioTec são inúmeros, pois com o programa, você terá mais chances de ingressar no mercado de trabalho.

Então são cursos gratuitos do Pronatec em Fortaleza que vai oferece formação profissional para interessados em profissões com grande demanda para a indústria de confecções de Fortaleza. O local de inscrições para estes cursos profissionalizantes gratuitos em Fortaleza é a sede da Secretaria de Cultura que fica no endereço: R. Major Facundo, número 500, dirija-se ao sétimo andar.

As exigências são para idade a partir dos 16 anos e a escolaridade necessária para participar dos cursos é a partir do sexto ano do ensino fundamental, para estudantes e ex-estudantes de escolas públicas. Depois desta pré-inscrição na Secult os candidatos a uma vaga deverão se dirigir a escola Senai do Ceará que oferece o curso pretendido e efetivar a sua inscrição.

Não perca tempo, pois as inscrições para esta etapa de cursos profissionalizantes permanecem abertas somente até o dia 31 de maio de 2019.

Conquiste sua experiência profissional através do Banco do Brasil

O Jovem Aprendiz Banco do Brasil 2019 traz a oportunidade que muitos precisam para poder trabalhar e conquistar a experiência profissional. Quem está interessado em uma vaga no Jovem Aprendiz Banco do Brasil 2019 tem que correr atrás por que é concorrido.

Um programa que visa unir conhecimento teórico com o conhecimento prático. As vagas são limitadas e variam de acordo com a necessidade de contratação de cada agencia. Mesmo sendo um programa com duração limitada a 2 anos, vale a pena participar.

Jovem Aprendiz Banco do Brasil 2019

O jovem só não tem a oportunidade de conquistar cargos efetivos, o que ocorreria se fosse uma instituição privada, pois para a pública é necessário aprovação em processo seletivo de provas e/ou títulos, conforme consta na Constituição Federal.

Informe-se também sobre as oportunidades do Jovem Aprendiz Bradesco 2019!

O importante é aproveitar a oportunidade e entender os requisitos necessários para participar e preencher uma vaga, estamos aqui para apresentarmos essas e outras informações para vocês.

Como Funciona o Jovem Aprendiz

Em todo o Brasil já são mais de cinco mil adolescentes que fazem parte desse programa. Com certeza esses jovens conseguiram conquistar experiência profissional, o que melhora o currículo e abre as portas para novas oportunidades.

É necessário entender alguns requisitos necessários para poder participar do programa. Abaixo sintetizamos algumas informações a respeito para que você entenda como funciona o jovem aprendiz 2019:

Entenda o funcionamento do programa.

  • necessário ter idade entre 15 a 24 anos;
  • necessário estar cursando, pelo menos, o oitavo ano do ensino fundamental;
  • bom aproveitamento escolar é um fator determinante para a contratação;
  • contrato de até dois anos;
  • programa com capacitação teórica e prática;
  • benefícios oferecidos pelo programa: salário mínimo/mês, vale-transporte e vale alimentação, 13º salário e férias coincidentes com o recesso escolar, seguro-saúde, além de curso de orientação profissional e material instrucional preparatório para a Seleção Externa BB.

Uma oportunidade muito importante. Não deixe de correr atrás de uma vaga caso preencha os requisitos para tal.

Inscrições Jovem Aprendiz Banco do Brasil

As inscrições jovem aprendiz BB 2019 podem ocorrer nas instituições conveniadas com o programa. Instituições como CIEE, Senac, entre outras, fazem parceria. Entre em contato e se informe.

Um programa cheio de benefícios para o aprendiz, sem contar que ele consegue unir o conhecimento teórico com o prático. Oportunidades assim fazem a diferença.

A abertura das inscrições ocorre em diferentes épocas, tudo depende da necessidade de contratação de cada agencia, por isso que é interessante entrar em contato de forma contínua para poder se informar a respeito.

Para maiores informações não deixe de acessar o site: www.bb.com.br

Se mantenha informado (a) sobre o programa e concorra a oportunidade. Um programa que já fez a diferença na vida de vários jovens em todo o Brasil.

Desemprego cai no vestibular

O desemprego tem afligido milhões de pessoas em todo o Brasil e os examinadores geralmente são sensíveis a esse grave problema social que já pode até mesmo tê-los afetado pessoalmente em alguma etapa de suas vidas. As matérias que, de alguma maneira, podem abordar esse tópico são: Redação, Geografia e História.

O Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos) divulgou recentemente que, na Grande São Paulo, 18,3% da PEA (População Economicamente Ativa, ou seja, não inclui crianças ou velhos) está sem ocupação no momento. O índice atual é dez pontos percentuais superior ao de 1989, caracterizando um aumento preocupante.

Os índices são divulgados tanto pelo Dieese como pelo IBGE e podem variar, porque usam critérios diferentes para medir o grau de ocupação da PEA. O IBGE é o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, um órgão do governo federal responsável pela realização do censo brasileiro.

No caso dos trabalhadores demitidos sem justa causa, os mesmos têm um auxílio financeiro disponibilizado pelo Seguro Desemprego, dessa forma, é mais tranquilo para ir a procura de um novo emprego.

Todo ano, o Brasil precisa gerar 1,5 milhão de novos postos de trabalho para absorver os jovens de 18 anos que entram no mercado de trabalho, mas, como nossa economia está em franca recessão, esses adolescentes não conseguem arrumar sequer seus primeiros empregos.

O desemprego possui causas estruturais e conjunturais. As causas estruturais derivam do avanço tecnológico. As novas tecnologias são poupadoras de mão-de-obra. Um bom exemplo disso são os metalúrgicos demitidos das indústrias automobilísticas do ABC, substituídos por robôs que fazem o trabalho de vinte ou trinta homens. O ABC é uma região altamente industrializada de São Paulo, formada pelos municípios de Santo André, São Bernardo do Campo e São Caetano do Sul. Foi o local escolhido pelas primeiras montadoras que se instalaram no Brasil em fins da década de 1950.

As causas conjunturais residem em fatores econômicos. A atual política monetária do governo federal é recessiva e asfixia os investimentos produtivos – e geradores de empregos – com elevadas taxas de juros de 42% ao ano. O PIB (Produto Interno Bruto) deve recuar até quatro porcento nesse ano de 1999, o que sinaliza um aumento dos níveis de desemprego.

Além disso, com o fim da inflação galopante trazido pelo Plano Real, as empresas não podem mais repassar livremente os custos de novas contratações aos preços de seus produtos ou serviços. As corporações agora devem ser enxutas para permanecerem competitivas e dentro do mercado.

Economistas explicam que os altos encargos sociais pagos pelos empregadores no Brasil e na Europa explicam as dificuldades na geração de empregos e as altas taxas de desemprego na Espanha, Alemanha e também aqui na nossa terra. De fato, a taxa de desemprego nos EUA é de apenas 5% em parte porque os encargos sociais são mais realistas no país do Tio Sam e também porque a economia norte-americana tem crescido a uma média de 3% ao ano desde 1991.

É possível que os examinadores explorem as funestas consequências sociais do desemprego nas provas dos principais vestibulares. São elas: subemprego, bicos (trabalhos temporários de subsistência) tais como os de camelô, aumento da miséria, desagregação familiar, falta de perspectivas, depressão, suicídio, tendência ao aumento da criminalidade, alcoolismo, uso e tráfico de drogas.

No caso de uma redação dissertativa acerca do problema, vale apontar soluções. Pode-se afirmar que o desemprego pode servir de estímulo para iniciar um negócio próprio. O brasileiro é extremamente criativo e pode facilmente descobrir novos nichos mercadológicos para sua microempresa.

Uma boa redação não apenas mostra fatos sociais correntes, por mais desagradáveis que sejam, mas também aponta soluções factíveis no seu terço final. Dissertações do tipo “metralhadora giratória”, “portão do inferno”, “bueiro de esgoto” apenas cansam os avaliadores com suas mensagens de pessimismo. Sair dessa mesmice com uma brisa de otimismo e apontando soluções realistas pode significar uma deliciosa nota dez.

Cargos e salários na internet

Salários na Internet
Salários na Internet – Foto: pesqueirafuxico / plantaobrasil.net

A publicação, ontem, da relação de todos os 162 mil funcionários públicos do Paraná, com seus respectivos salários e cargos, na internet, foi, para o governador Roberto Requião (MDB), um dos “maiores feitos” da administração do peemedebista. Ele admitiu que, mesmo sendo governador, tem dificuldades para saber o quanto ganha, realmente, cada um dos servidores. “Sou governador há sete anos, e tenho dificuldade para saber quanto ganha cada funcionário. Esta abertura na internet para nossos patrões, que são os contribuintes, tem uma segunda intenção. Na PEC (Proposta de Emenda à Constituição) estamos pedindo que se estabeleça um prazo de 4 ou 8 anos, um ou dois governos, para que os salários do Paraná sejam equalizados.

Isto porque, existem categorias que conseguem avanços salariais. No nosso setor jurídico, temos funcionários ganhando R$ 16 mil, enquanto que existem médicos cujos salários são de R$ 5 mil. São salários interatrofiados, por isso, a idéia é, constitucionalmente, fazer uma equalização dos salários”, explicou. E levou mais de sete anos para ver isso?

Fruet doará 30% do seu salário de R$ 26,7 mil

Gustavo Fruet
Gustavo Fruet – Foto: Jornalivre.com

O prefeito de Curitiba, Gus­tavo Fruet (PDT), anunciou ontem que pretende doar 30% do seu salário a uma entidade ligada à Igreja Católica. A decisão segue a prática dos dois antecessores no cargo, Beto Richa (PSDB) e Luciano Ducci (PSB). Ambos, porém, devolviam o mesmo porcentual da remuneração aos cofres do município. Como o salário do prefeito é de R$ 26.723,13, o valor doado por Fruet será de R$ 8.016,94. Com isso, sua remuneração mensal chegará a R$ 18.706,19.

Por meio da assessoria de imprensa, o pedetista afirmou que não pretendia anunciar publicamente a doação mensal de parte do salário, para evitar usá-la como instrumento de autopromoção. Ele disse que só fez o anúncio por ter sido questionado pela imprensa sobre o assunto. Fruet declarou ainda que doava boa parte das verbas indenizatórias a que tinha direito na Câmara Federal quando era deputado. Acrescentou que jamais tornou pública essa atitude. Perguntado sobre qual instituição receberá a doação a partir de agora, afirmou que a informação estará disponível na sua declaração do Imposto de Renda.

Desde 2007 – quando foi divulgado um levantamento que mostrava que Curitiba tem o prefeito mais bem pago das capitais –, o chefe do Executivo municipal passou a abrir mão de parte do salário. O primeiro a fazê-lo foi Richa, que passou a devolver 30% da remuneração ao caixa da prefeitura. Ao assumir o cargo, em abril de 2010, Ducci disse que não faria o mesmo por considerar justo o vencimento de R$ 26,7 mil para o tamanho da estrutura administrada pelo prefeito. Logo a seguir, no entanto, voltou atrás e também passou a devolver 30% do salário.

Em meio à polêmica em torno do fato de Curitiba pagar o maior salário das capitais ao seu prefeito, tanto Richa quanto Ducci chegaram a enviar à Câmara Municipal projeto de lei cortando parte do salário – o que dispensaria a necessidade de fazer a devolução. No entanto, as propostas foram arquivadas sob a justificativa de que somente os vereadores poderiam propor uma matéria dessa natureza. Além disso, argumentou-se que a redução dos vencimentos do prefeito poderia prejudicar os funcionários de carreira do município – pois o teto do funcionalismo seria reduzido (o máximo que um servidor pode ganhar é o salário do prefeito).